Português (pt-PT)French (Fr)
Portugal e Venezuela assinaram acordos de mil milhões de euros PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Portugal e a Venezuela assinaram ontem 13 novos acordos de cooperação em matérias como saúde, energia eléctrica, pecuária, indústria agro-alimentar, venda de computadores Magalhães e na área naval.
A cerimónia de assinatura dos acordos foi presidida hoje, em Caracas, na Venezuela, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Nicolau Maduro, e de Portugal, Paulo Portas.
"Temos ao nosso alcance um potencial de negócios que se aproxima dos mil milhões de euros nos próximos três anos", disse. Para o ministro português essa verba "está ao nosso alcance desde que as empresas sejam dinâmicas, o que está na sua natureza, e que as autoridades façam o trabalho de casa".

"Uma parte muito significativa desta verba representa um impulso extraordinário às exportações e à internacionalização de empresas, marcas e produtos portugueses na Venezuela e esse é o melhor serviço que podemos fazer à economia portuguesa", frisou. Por outro lado explicou que, no essencial, só se contraria uma situação de endividamento "aumentando as exportações, aumentando as quotas de mercado das nossas empresas, facilitando as oportunidades de negócio para que as nossas empresas invistam, arrisquem, cheguem, ganhem parcerias, fiquem com contratos e possam crescer". "Cada vez que uma empresa portuguesa investe na Venezuela está a aguentar a crise em Portugal e a proteger postos de trabalho em Portugal", sublinhou.

O ministro português deslocou-se ao país numa viagem de três dias para contactos com a comunidade emigrante e a celebração destes acordos de cooperação.
Fonte : Económico