Português (pt-PT)French (Fr)

Alemanha e França querem imposto sobre transacções financeiras

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
O ministro francês da Finanças, François Baroin, sublinhou a sua intenção de avançar com a Alemanha com o plano para criar um imposto sobre as transações financeiras na União Europeia (UE), apesar da oposição do Reino Unido. "Temos intenção de fazê-lo junto dos 27" países da UE, afirmou o ministro francês das Finanças numa entrevista à estação de televisão "BFM TV", citado pela agência noticiosa Efe. François Baroin reconheceu, no entanto, que "os britânicos dirão não".
Continuar...
 

Jean-Claude Juncker VS Passos Coelho

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
luis2No passado dia 9: empresários, banqueiros, políticos, diplomatas e outros portugueses interessados numa conferência promovida pela Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, tiveram ocasião de ouvir e reflectir sobre as palavras do seu orador principal, Jean-Claude Juncker.
Continuar...
 

Bexeb SA

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
bexebPropriedade da familia Ferreira da Cunha, a Bexeb SA é empresa Luxemburguesa, fundada em Janeiro 2002, sendo o resultado da fusão de duas empresas que estavam presentes no mercado Luxemburguês há bastantes anos, especializadas na distribuição de bebidas e diversos produtos alimentares.
Continuar...
 

Portugal e Venezuela assinaram acordos de mil milhões de euros

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Portugal e a Venezuela assinaram ontem 13 novos acordos de cooperação em matérias como saúde, energia eléctrica, pecuária, indústria agro-alimentar, venda de computadores Magalhães e na área naval.
A cerimónia de assinatura dos acordos foi presidida hoje, em Caracas, na Venezuela, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Nicolau Maduro, e de Portugal, Paulo Portas.
Continuar...
 

Paulo Portas (MNE) quer empresas portuguesas “a facturar” na América Latina

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
MNE fechou na Venezuela acordos no valor de mil milhões de euros até 2015.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal continua a dedicar grande parte da sua agenda à promoção das exportações portuguesas e, numa altura em que o investimento português na Colômbia vive um bom momento, Portas sublinhou as "excelentes oportunidades de negócio que existem nos dois países e que podem e devem ser aproveitadas com benefícios mútuos".
Continuar...
 
Pág. 7 de 14